Follow by Email

Seguidores

Dani e JV

Minha foto
Danielle Davegna
35 anos, carioca e mãe do João Victor (11 anos e autista)
Visualizar meu perfil completo

Contadores

segunda-feira

Você sabia?



No dia 27 de setembro de 2010 meu filho recebeu mais um laudo de autismo, dessa vez pelo órgão público através do Instituto Fernandes Figueira localizado no bairro do Flamengo no RJ pelo Dr. Adaílton. Com esse laudo eu tinha certeza que conseguiria o tratamento individual dentro da ABBR (Jardim Botânico,RJ), pois bem, pensei errado.
Em 01 de novembro de 2010 meu filho esteve com a neuropediatra da ABBR, Dra. Magda e lá ela me disse que a ABBR não faz mais trabalhos individuais somente coletivo. Como já se sabe...autistas não podem ser tratados com outros autistas ou qualquer outra síndrome - somente individual.
Ela nos encaminhou para três (3) novos lugares o qual eu não fazia idéia que se tratava de autismo.
01 - Santa casa da misericórdia (setor de neuropsiquiatria), 02 - CEAD (estou tentando descobrir este lugar) e 03 - NAICAP (mais conhecido como Instituto Psiquiátrico Philippe Pinel).

E lá vou eu com mais uma tentativa.
Acho que nunca contei a trajetória com o JV aqui no blog, resolvi contar o último episódio porque me espantei ao ser encaminhada para o Pinel.
Me desejem boa sorte! =)


1 comentários:

Pensante disse...

Ola Danielle. Me chamo Sidney e sou pai do Leonardo, autista, 5 anos. COmo seu post é "antigo" não sei se você já foi ao Pinel. Mas lá na verdade funciona uma parte de psiquiatria infantil da UFRJ. Já estive la uma vez encaminhado por dois ótimos psiquiatras que disseram que lá é muito bom. O JV vai pasar por uma triagem para ser encaminhado ao melhor profissional para ele. Eu acabei buscando a rede particular mas ia levar o Leo lá caso não conseguisse diagnóstico.

Gostei do blog, vou estar sempre por aqui acompanhando e tentando trocar ideias.

O JV é uma graça. Ele adora Luan Santana e o Leo adora Justin Bibier. O que podemos fazer não é mesmo? eheheheheh

Um abraço e muito sucesso para vocês.

Sidney