Follow by Email

Seguidores

Dani e JV

Minha foto
Danielle Davegna
35 anos, carioca e mãe do João Victor (11 anos e autista)
Visualizar meu perfil completo

Contadores

segunda-feira

Estudos indicam variação genética ligada a doença

Pela primeira vez, cientistas detectaram variações genéticas comuns em quem sofre de autismo. Três novos estudos (dois publicados na revista Nature e um na Molecular Psychiatry) sugerem que mudanças nas conexões cerebrais podem estar por trás do desenvolvimento da doença. As descobertas podem ajudar a explicar as causas do distúrbio em até 15% dos casos.

As pesquisas publicadas pela Nature foram coordenadas por Hakon Hakonarson, professor da Universidade da Pensilvânia e diretor do Centro de Genômica Aplicada do Hospital Infantil da Filadélfia. Os cientistas descobriram mutações no DNA que prejudicam as conexões cerebrais desde cedo na infância.

O terceiro estudo reforçou ainda mais a relação entre autismo e genética. Pesquisadores da Wellcome Trust Centre para Genética Humana da Universidade de Oxford concluíram que os genes envolvidos no crescimento e desenvolvimento de neurônios podem aumentar a predisposição ao distúrbio. Mas os pesquisadores alertam que ainda é cedo para falar em uma mudança nos tratamentos.

O artigo públicado na revista Nature, intitulado "Common genetic variants on 5p14.1 associate with autism spectrum disorders", pode ser encontrado aqui.

0 comentários: